Everybody hurts

Como todos sabem, eu adoro REM. Há uma música em especial que também ouço muito quando preciso de forças para caminhar, trata-se da música título deste post.

Há dias em que tudo é muito difícil, e você se sente como que pronto para jogar a toalha:

“Quando o dia é longo. E a noite, a noite é somente sua,

Quando você tem certeza [que] já teve o bastante desta vida, Bem, persista… Não desista de si mesmo, Pois todo mundo chora. E todo mundo sofre. Às vezes… Às vezes tudo está errado, Nesse momento é hora de cantar junto.”

Bom, pois saiba meu amigo, isso acontece com todos. Desde Adão e Eva a seus pais, todo mundo já pensou em desistir uma vez na vida:

“Quando seu dia é noite, sozinho, (Agüente, agüente) Se você tiver vontade de desistir (Agüente….) Se você achar que teve demais desta vida, Bem, persista… Pois todo mundo sofre,”

Nessas horas, lembre-se das coisas importantes da vida, lembre-se dos amigos, lembre-se de que você deve seguir em frente, sempre:

“Consiga conforto em seus amigos. Todo mundo sofre…

Não se resigne, Oh, não! Não se resigne Quando você sentir como se estivesse sozinho. Não, não, não, você não está sozinho… Se você está por sua própria conta nesta vida, Os dias e noites são longos, Quando você sentir [que] teve demais desta vida Para persistir… Bem, todo mundo sofre Às vezes, todo mundo chora. E todo mundo sofre Às vezes… E todo mundo sofre Às vezes… Então agüente, agüente… Agüente, agüente, Agüente, agüente, Agüente, agüente… Todo mundo sofre… Você não está sozinho…”

Se Michael Stipes tivesse filhos, certamente ele diria na música que você também deve e pode se apoiar em seus filhos. Filhos são a melhor e mais preciosa coisa do mundo, e eles nos ajudam a nos tornarmos pessoas melhores. Quando penso no quanto melhorei por conta de minhas filhas, então penso em como filhos são importantes.

Como tenho esta natural vocação para Polyana, sempre acho que o amanhã será melhor, mas também sei que ele é construído hoje. É isso irmão, força e fé, amor pro que der e vier, sempre.

Mi e Layla, este post é para vocês.

PS – A tradução eu retirei do site do Terra.

Autor: guimadeira

Sou um cara de fé que acredita em sonhos. Fã incondicional de Shakespeare, Paulo Coelho e de Gabriel Garcia Marques, também adoro Neil Gaiman e Steven Spielberg. Ah, também tenho vários livros publicados, sou mestre e doutor em processo penal pela USP e Juiz de Direito. Corredor amador.

Uma consideração sobre “Everybody hurts”

  1. Muito inspirado esse post, professor. O mais difícil é enxergar que tudo isso é só uma fase na vida e que, se desistirmos, não passaremos de fase.
    “se o louco persistisse em sua insanidade, tornar-se-ia sensato” (william blake).

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s