Dicas de estudo – Primeira Fase – Concursos e OAB

Tenho recebido vários emails em que colegas me pedem dicas de estudo para concursos públicos e também para a OAB. Decidi agrupar estas dicas em um único post, pois o estudo para a OAB e para os concursos públicos, em sede de primeira fase, é o mesmo. A diferença entre ambos é unicamente percentual. Na OAB é necessário 50 pontos para ir para a segunda fase. Nos concursos, em regra você precisará de pontuação entre 70 a 75% para passar na primeira fase.

Vamos às dicas.

1 – Estes concursos não são concursos para “jurista do ano”. Vejo gente se preocupando com classificações (as vezes estapafúrdias)… É claro que classificações caem em prova, mas não são elas que te impedem de fazer a pontuação necessária – elas são minoria. Concurso para jurista do ano exige classificações, OAB e concurso público não.

2 – Saiba a letra da lei. Boa parte das questões de primeira fase vem da letra da lei. Nosso sistema de provas, lamentavelmente, exige este conhecimento. Saiba então o que dizem as leis e a CF também.

3 – Saiba a jurisprudência dos tribunais superiores (STF e STJ). Você precisa conhecer a posição dos tribunais superiores para poder conseguir fazer mais pontos. Leia os informativos do STF e do STJ para isso (as súmulas também). Ah, aqui no Blog também sempre coloco posições interessantes destes tribunais.

4 – Faça muito teste. Se você é ruim em testes (como eu era quando prestava concurso), então o caminho é treinar muito. Mas, aprenda com os testes. Entenda porque errou. Somente fazer testes não adianta nada.

5 – Revise a matéria constantemente. A menos que você seja um gênio (o que não é o meu caso, por exemplo), é preciso constantemente rever a matéria. Daí a importância de ter um bom caderno. Eu procurava rever a matéria toda a cada 4 meses.

6 – Pode parecer contraditório, mas cuidado com a internet. Somente entre em sites confiáveis com fontes confiáveis. E como saber se o sujeito é confiável. Para começar, veja o currículo lattes do sujeito que escreve a matéria (o meu você vê ao lado, no link meu currículo).

7 – Não desista. A fase mais perigosa da jornada é para aquele que bate na trave (fica por um ou dois pontos). Aqui ele está a um passo da aprovação, mas também a um passo de desistir de tudo.

Autor: guimadeira

Sou um cara bacana, que adora música, literatura e cinema. Atualmente começo a enveredar pela fotografia. Fã incondicional de Shakespeare e de Gabriel Garcia Marques, também adoro Neil Gaiman e Steven Spielberg. Ah, também tenho vários livros publicados, sou mestre em processo penal pela USP e Juiz de Direito. Atualmente minha maior pretensão é ter algumas horas de sono a mais por dia.

8 comentários em “Dicas de estudo – Primeira Fase – Concursos e OAB”

  1. Professor eu cursei o preparatório do LFG TRE – analista (1º semestre 2011), porém não pude cursar todo o curso por causa da prova da OAB 2009.3, que nos tivemos que realizar duas vezes e eu optei pelo preparatório da OAB. Graças a Deus eu passei na OAB. Pedi duas apostilas: TRE- Analista Processual (da Vestcon); e estou pensando em ficar esses próximos 6 meses em casa estudando as apostilas e só no 1º semestre de 2011, voltar para o cursinho, pois provavelmente o TRE daqui deve abrir concurso só no 1º semestre de 2011. Você considera que eu estou fazendo a coisa certa, por favor, me oriente. É uma Boa Dica comprar um curso TRE em DVD´s (curso do FMB).

    Curtir

  2. Professor eu cursei o preparatório do lfg TRE-analista, porém não pude cursar todo o curso por causa da prova da OAB 2009.3, que nos tivemos que realizar duas vezes. Graças a Deus eu passei na OAB. Pedi duas apostilas: TRE- Analista processual; e estou pensando em fica esses proximos 6 meses em casa estudando as apostilas e só no 1º semestre de 2011, voltar para o cursinho.

    Curtir

  3. Olá Prof. Madeira,

    Estou indo para o 5º Exame da OAB (consecutivamente eu fiz 42,49,48 e 40). Ao longo deste tempo, tenho me preparado de diversas formas: cursinho (LFG), resolução de questões, lei seca etc. Todavia, tendo em vista que até então não consegui passar, me surgiu a seguinte dúvida: Será que eu estou estudando para o exame aplicado hoje em dia, ou o meu método está parado no tempo? Este questionamento, também é motivado, pelo fato de que a metodologia dos cursinhos não sofreu grandes alterações e a cada prova ouvimos a mesma frase: “O exame atual exigiu mais que o anterior”, “A última prova foi pior” … sinceramente, eu não sei se estamos nos preparando e sendo preparados para a prova aplicada hoje em dia.

    Solicito a sua orientação sobre o que eu devo fazer? Priorizar a lei seca e questões, e deixar doutrinas e resumos em 2º plano …??? Honestamente, acredito que até mesmo os cursinhos, estão atrasados na metodologia praticada nos exames anteriores.

    A minha maior preocupação, é estar estudando para um Exame de Ordem que deixou de existir a algumas provas passadas.

    Curtir

  4. Caro Madeira,
    é impressionante o grau de autruísmo que você possui. Fico muito feliz em saber que existem magistrados, como você, que ainda não foi contagiado pela JUIZITE, e que ao contrário de alguns membros de tão honrosa carreira, os quais se sentem-se verdadeiros deuses, você nos impressiona com tamanha humildade, presteza e solidariedade. Força e fé, amor pro que der e vier.
    Grande abraço. Lirenício

    Curtir

  5. Prof. Madeira!!!
    Adorei as dicas para concursos e OAB, é como você disse, quem bate na trave corre um grande risco de desistir, falo isso porque as duas primeiras provas da OAB que prestei fiquei com 49 pontos e com isso fiquei muito desanimada e não peguei mais no material pra ler.Voltei a estudar para a bendita prova que persegue os bacharelados e justo nessa última prova foi muito dificil, ando bem animada para estudar e o seu site é um dos meus preferidos para me atualizar.
    abs.

    Curtir

  6. Prof Madeira, entrei no seu blog e me interessei muito por suas dicas para Concursos e Exames de OAB.
    Bom será o 1º exame que irei prestar, mesmo já formada. Não tive interesse em fazê-la antes devido aos acontecimentos ocasionados nas últimas provas.
    Gostaria, de sugestões suas de forma de estudo, quais principais livros devo comprar,(venho estudando pela Lei seca e as Sinopses), e o cursinho estou querendo fazer um da LFG mais quero começar no 1º semestre de 2011!!
    Com sua sólida experiência na área, que forma de Estudo o Sr. recomenda, ainda mais com a mudança de Banca examinadora, a FGV.

    Desde já, agradeço
    Abraços

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s